BRT iniciará uma nova fase de integração

Da Redação - Agência Belém de Notícias - 11/07/2017 08:05

  • / Avanço / 11/07/2017 08:05

    Estação BRT de São Brás dará acesso a ônibus para o centro, Ver-o-Peso e UFPA, entre outros destinos

  • / Avanço / 11/07/2017 08:05

    Percurso do usuário poderá ser feito com integração em São Brás e Mangueirão pagando uma única passagem


A partir de agosto vem novidade por aí no sistema BRT Belém. Novas integrações passam a funcionar, entre elas as que levarão passageiros de São Brás ao centro de Belém, Ver-o-Peso e UFPA, entre outros bairros, tudo pagando uma única passagem. A primeira mudança na integração será a retirada, de dentro do Terminal São Brás, dos veículos que vêm de Icoaraci e Outeiro, que passarão a integrar no Terminal Mangueirão e voltam aos seus destinos de origem. Assim, quem vier de Icoaraci e Outeiro fará todo o trajeto do Mangueirão a São Brás de BRT.

“Nos meses de junho e julho os usuários desses ônibus que seguem apenas até São Brás puderam experimentar o embarque e desembarque no Terminal São Brás. A partir de agosto, com as novas estações BRT funcionando, eles irão fazer a integração no Mangueirão e farão o restante do trajeto de BRT, conforme dito desde o início dessa fase experimental”, explica Gilberto Barbosa, diretor geral da Semob.

Feita essa primeira alteração, as plataformas para ônibus convencionais no Terminal São Brás ficarão livres para receber novas linhas de ônibus fazendo interligação com a Sacramenta, Pedreira, UFPA, Canudos, Guamá, Jurunas, Marambaia, Cordeiro de Farias, Conjunto Maguari, além de áreas no centro como Ver-o-Peso, av. Presidente Vargas e Praça Amazonas, o que ocorrerá de forma gradual e entrando linha a linha no sistema. “Toda a evolução do Sistema BRT Belém tem sido feita de forma gradual, em fases experimentais que ajudam a população a entender o que muda na sua forma de circular e sintam os benefícios. Toda mudança deve ser feita de forma responsável, porque estamos falando de mobilidade urbana e qualquer alteração mexe significativamente com a vida das pessoas”, explica Gilberto Barbosa.

Todas essas integrações serão físicas, ou seja, basta que um usuário entre no Terminal São Brás a pé, por um ônibus convencional ou BRT para ter acesso a qualquer um dos outros ônibus que integrem lá dentro, pagando uma única passagem, como já ocorre hoje no Terminal Mangueirão. Para exemplificar: um morador de Outeiro poderá pegar um ônibus até o Terminal Mangueirão, lá subir em um BRT que o levará até o Terminal São Brás, e lá escolher ir para a UFPA ou para o Ver-o-Peso, sem pagar nada a mais.

“Com estas novas integrações funcionando, o usuário poderá se interligar de Icoaraci, Outeiro, Tapanã, Conjunto Maguari, Tenoné, Cordeiro de Farias e Jardim Sideral, que integram no Terminal Mangueirão, até Sacramenta, Pedreira, UFPA, Canudos, Guamá, Jurunas, Marambaia, Ver-o-Peso, av. Presidente Vargas e Praça Amazonas, que integram no Terminal São Brás”, comemora o diretor geral da Semob.

Texto: Esperança Bessa
Foto: Alessandra Serrão / Alessandra Serrão - NID/Comus
Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SEMOB)