Ecocolônia diverte e ensina crianças a cuidarem do meio ambiente

Da Redação - Agência Belém de Notícias - 11/07/2017 13:19

  • / Férias no Bosque / 11/07/2017 13:19

    Nas oficinas, as crianças aprendem um pouco sobre a atividade de veterinários e como cuidar de animais doentes

  • / Férias no Bosque / 11/07/2017 13:19

    O monitor explica cuidados importantes que devem ser adotados para prevenir doneças em animais, entre eles, não jogar lixo no chão

  • / Férias no Bosque / 11/07/2017 13:19

    Evelise Costa participou das atividades da Ecocolônia e já pensa em ser veterinária para cuidar dos animais

  • / Férias no Bosque / 11/07/2017 13:19

    A universitária Raysa Maia mostra o trabalho de um dos estudantes que participou da programação de férias do Bosque

  • / Férias no Bosque / 11/07/2017 13:19

    Ruan Pinheiro garante que aprendeu cuidados importantes que serão necessários quando tiver um cachorro

  • / Férias no Bosque / 11/07/2017 13:19

    A programação segue até sexta-feira, no Bosque Rodrigues Alves

  • / Férias no Bosque / 11/07/2017 13:19

    Estudantes participam de oficinas e atividades de lazer voltadas para os cuidados com a natureza

  • / Férias no Bosque / 11/07/2017 13:19

    Os universitários que coordenam as atividades educativas comemoram o interesse e satisfação dos alunos da Ecocolônia


Promover o contato com a natureza e sensibilizar crianças para a importância de cuidar dos animais e das plantas são alguns dos propósitos da chamada “Ecocolônia”, a colônia de férias do Bosque Rodrigues Alves, que oportuniza o aprendizado por meio de jogos educativos e brincadeiras. São 30 crianças atendidas, com idades de sete a dez anos, todas de escolas públicas municipais e estaduais, além de três crianças que estão sob a guarda da Fundação João XXIII (Funpapa).

A programação, que teve início nesta terça-feira, 11, com contação de histórias, trilhas e atividades de conscientização ambiental, seguem até a próxima sexta-feira, 14,  em sistema de rodízio. Os participantes são divididos em equipes batizadas com nomes inspirados na Amazônia: Pau Brasil, Mapinguari e Jaguatirica.

Entre as atrações que mais chamaram atenção da garotada neste primeiro dia de Ecocolônia, esteve a “VetKids”, que esclareceu curiosidades sobre animais e destacou os cuidados que devem ser adotados com as espécies, especialmente as que vivem no Bosque. “Aprendi que tenho que levar sempre que o animal estiver doente pro veterinário. O animal que mais amei foi a Jaguatirica. Ela é linda”, disse a estudante Evelise Costa, de 8 anos, aluna da Escola Municipal Amâncio Pantoja.

Alunos da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) são os responsáveis pelas atividades desenvolvidas com as crianças. “Estamos fazendo um trabalho de educação ambiental. Abordamos questões dos cuidados gerais com animais, não só os domésticos, mas os de rua também. Dizemos para não jogar lixo na rua, nas praias”, explicou a universitária do sétimo semestre de medicina veterinária, Raysa Maia, de 25 anos. “Muitas crianças saem daqui dizendo que querem ser veterinárias e isso é muito legal de ouvir”, completou.

E as lições foram bem recebidas pela garotada na abertura da colônia de férias garante o estudante Ruan Pinheiro, de 8 anos, do Centro Educacional Intelecto. “Não podemos jogar lixo no chão, senão, os animais vão comer e passar mal. Eu ainda não tenho um cachorro, mas quando eu tiver, já vou saber como cuidar”, assegurou.

“Nossa programação é vasta, temos trilhas, oficinas de plantação de mudas, de aprendizado em relação a materiais reutilizáveis, cuidados com animais, com o 'VetKids' e muito mais. É importante que as crianças saibam, afinal, elas são o futuro de tudo isso”, concluiu a pedagoga do Bosque Marla Frazão, coordenadora da Ecocolônia.

Texto: João Alberto Rufino
Foto: Tássia Barros - Comus
Coordenadoria de Comunicação Social (COMUS)